Image hosting by Photobucket

02 agosto, 2006

Guerrilla Theater
Por Wally Sailormoon

Photobucket - Video and Image Hosting

Camões saindo das águas segurando “OS LUSÍADAS” avança para um camarada. Camões (alevantando nos ares o livro salgado da criação):
– Salve este meu poema. É a herança da raça.
Camarada:
– Queimar este poema é um ato sagrado e santo senão daqui a pouco você vai fazer um poema da descida do poeta ao coração do Brasil.

Nasceu de mim, nasceu de ti, nasceu de um beijo – amemos o eterno. Cumprir as ordens do eterno. Minha pátria é o eterno.

Comercial de tv

Locação/dia: Santa Teresa/ 1º de setembro.

Imagem – menino se desprende do bonde vindo se espatifar no capot do táxi que me transportava, salpicando de sangue minha camisa azul ferrete.

Som – estrelá estrele o sinal da viração amanhãê olha o céu ficando roxo amanhãê olha o céu pegando fogo amanhãê

Ônibus – sou o único passageiro ao lado do sol.

Out-door : foto – alguém estendido tomando banho de sol.

Letreiro: INSÂNIA IN CORPORE SANO

Regimento interno da Poesia Provinciana – artigo principal – o respeito ao mestre e o tratamento de mestre como a mais usual saudação entre os paroquianos.
Com tanta dor com tanta dor nasceu Manuel Bandeira.

DANÇA
LUZ
SOL

Resistência do material submetido a uma dura pressão. Jogo de moedas do I-Ching: minha mudança de pele. Mudança de pele.

AMOR
ALEGRIA
SAÚDE
FONTES DA VIDA

Nasceu... Nasceu... Nasceu... – amemos o Efêmero... cumprir... Efêmero.
... pátria.... Efêmero... Efêmero, um personagem de olhos abertos e rilhando os dentes o tempo inteiro.
Efêmero: um personagem friccionando os músculos com energia.
Efêmero: não se sente estrangulado.
Efêmero: o que não está reduzido unicamente à poesia.
Efêmero: o que não pensa “se as coisas não se organizarem diferente, eu me capo”.
Efêmero: nunca escarnecido pelos jovens nas calçadas.
A poesia é a eterna fonte da juventude.
Paradiso.

PARADISE HOTEL
A POESIA É MINHA PÁTRIA.

Vendo o quadro, dizia o sacerdote: Fora do amor... não há salvação.
Terapia ocupacional preventiva: tenho de me eximir de qualquer culpa senão fico louco.
Slogan de comício político: O POETA PRECISA SER ALIMENTADO.
As aves do céu.
HERANÇA DA RAÇA.
Efêmero, o terrível.

Trailer: A HISTÓRIA DA MINHA VIDA: o poeta andrajoso, papéis caindo dos bolso, escarnecido pelos jovenzinhos das calçadas, arremete:
– Cambada de otários!

Prochainement dans cet écran.
Fazer um grande poema intitulado humilhados e Ofendidos.
NÓS, OS BRABOS. MINHA CIDADE: SWINGING PLACE. ALEGRIA.
My first name is...
My middle name is...
My last name is…
And my full name is: NÓS, OS BRABOS.

Eu agora vou tomar duas dessas de cor roxa e uma dessas vermelhinhas pra ver o que acontece.