Image hosting by Photobucket

20 julho, 2006

Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou
Por Ishtar dos 7 Véus, a hedonista

Photobucket - Video and Image Hosting
Hedôzinha não é muito de chupar, digo, de soprar, mas encara qualquer salsicha - desde que esteja dura e cheirando a queijo parmesão...

"Navegar é preciso", disse o poetinha (Fernando Pessoa? Aldisio? Vinícius? Luiz Bacellar? Thiago? Ou terá sido o comandante Ormesindo, do navio Sobral Santos, antes de naufragar no Porto de Óbidos e vir parar no nosso club?...)... Ah, eu nunca decoro essas coisitas... Mulher de Peixes, né?... Complicada... "Mas ter uma câmera na mão e idéias na cabeça é muuuito melhor", vaticinou Glauber Rocha (ou foi Tarso de Castro? Neville de Almeida? Flávio Rangel?... O Torquato Piauí bem que devia estar aqui, pra resolver essas questões complexas... Mulher de Peixes... Desligada...).

Pois bem: Mônica Martelli seguiu – ‘Magina, maninha, magina! Sonha! Delira! Se rasga! – o conselho de tooooooodooos uz intelekituaiz kabessaz citados (um beijo, Glauber!) e no momentito navega no Shopping da Gávea (RJ). Mas ameaça desabar aqui, em Maneaux City, depois do Festival Amazonas de Jazz, com um monólogo que protagoniza (ui!), dirigido por Victor Peralta (Peralta?!... E eu posso?...), e que é simplesmente impeeeerdíííível: "Os homens são de Marte... e é pra lá que eu vou!" Também já estou na fila de embarque, fofita!...

Com a ação ambientada num consultório de análise de grupo (no sex, please!), no qual a platéia está inserida (no bom seeeeeentido, de fora pra dentro...), a trama gira em torno dos hilários e patéticos esforços de uma solteirona para se casar...

Divertida e emocionante, Fernanda é uma mulher linda, inteligente, vivida, 35 anos e ... solteira! Não, não fofitos... Ela não mora em Belo Horizonte (minha prima Ludmila me disse que lá são sete mulheres pra cada homem! Well, vamos ficar por aqui mesmo!).

Pelo contrário (nos pêlos contrários, só blondô importado. Se não, vira coceira e você acaba no Instituto Alfredo da Mata com a xerequinha destiolada... Abafa...), carioquíssima, ela organiza festas de casamento... Sonha achar o homem ideal, o par perfeito, a alma-gêmea, a outra metade da laranja... Enfim, o Cecezinho da vida dela (sei do cacófato, linditas!...).

Na busca pelo grande amor de sua vida, essa heroína moderna se envolve com tipos errados, esquisitos, neuróticos... Well, como muuuuita gente por aí! É na terapia de grupo que Fernanda busca respostas, coloca questões, chora, ri, pede conselhos e conta, de maneira muuuuuito engraçada, suas aventuras na busca do Mr. Right. Em suma (bairro de Teresina, capital do Piauí...), é um dos mais engraçados, inteligentes e sensíveis espetáculos em cartaz nesse planeta. Um programito im-per-dí-vel!

Pérolas da peça:

"A mulher casada está para a maconha... assim como a mulher solteira está para a cocaína. A casada é relaxada, tranquiiiiiila.. .A solteira é ligada , nervosa, fala com todo mundo, olha pra tudo... pra todos os lados: mulher-ventilador!"

"Conheci Aníbal. Bonito, quarenta anos, solteiro, bem-sucedido, inteligente e... gay! Só eu que não tinha percebido ainda! Bem...Ficamos amigos. Afinal de contas, estamos no mesmo barco... Procurando a mesma coisa. A diferença é que ele vai achar primeiro do que eu."

"Marcelo é um... um... pau amigo! A gente saía... transava...Aaaah... mas não rola! No meio da transa eu não podia deixar de pensar: quem será que tá hoje no Jô?”

E não é que tem uma bibete amiga minha que já tá pensando em fazer uma versão gay da peça? O nome vai ser "As Mulheres são de Vênus... e deixa elas lá!". Ai, não gostei! Que maldade! Nós ainda somos necessárias para povoar o mundo, fofita!!!

Beijitos no heart!


 

3 Comments:

  • At 7:27 PM, Anonymous Anônimo said…

    Here are some links that I believe will be interested

     
  • At 1:48 PM, Anonymous Anônimo said…

    Here are some links that I believe will be interested

     
  • At 4:19 AM, Anonymous Anônimo said…

    Hey what a great site keep up the work its excellent.
    »

     

Postar um comentário

<< Home